MASP

Félix Ziem

O Canal Grande em Veneza, 1890-1900

  • Autor:
    Félix Ziem
  • Dados biográficos:
    Beaunes, França, 1821-Paris, França ,1911
  • Título:
    O Canal Grande em Veneza
  • Data da obra:
    1890-1900
  • Técnica:
    Óleo sobre tela
  • Dimensões:
    46,5 x 67 x 10 cm
  • Aquisição:
    Doação Diários Associados, 1948
  • Designação:
    Pintura
  • Número de inventário:
    MASP.00440
  • Créditos da fotografia:
    João Musa

TEXTOS


Por Luciano Migliaccio
Frédéric Chopin assim definiu o talento de Ziem: “Cada artista tem uma pátria ideal, geralmente distante de seu verdadeiro país. A pátria de Ziem é Veneza. É ali que sua pintura encontra seu domicílio legal. Com uma gota de água na qual se dissolve um pouco de cor, ele constrói uma casa em crepe dourado. Mas o que exprime ainda melhor é a água da laguna dividida em mil escamas de luz refletindo o capricho do céu através do rastro e dos remos das gôndolas que alteram as silhuetas refletidas dos palácios”. As palavras de Chopin são indicativas do clima cultural no qual se inscreve a obra de Ziem, caracterizado por uma visão da arte como expressão do sentimento individual e pela proximidade entre pintura, música e poesia, refletindo uma única visão interior. O virtuosismo de Chopin e a tensão heróica de Byron, fascinado pelo Oriente, encontram um paralelo na concepção da paisagem de Ziem, com sua dissolução da forma ótica e sua exploração do valor psicológico da cor e da composição. O quadro do Masp O Canal Grande em Veneza pertence à época final da produção do artista.

— Luciano Migliaccio, 1998


Fonte: Luiz Marques (org.), Catálogo do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, São Paulo: MASP, 1998. (reedição, 2008).



Pesquise
no Acervo

Filtre sua busca