MASP

Francisco Goya y Lucientes

Um cavaleiro espanhol mata um touro após ter perdido o cavalo, da série Tauromaquia, 1815-16

  • Autor:
    Francisco Goya y Lucientes
  • Dados biográficos:
    Fuendetodos, Espanha, 1746-Bordeaux, França ,1828
  • Título:
    Um cavaleiro espanhol mata um touro após ter perdido o cavalo, da série Tauromaquia
  • Data da obra:
    1815-16
  • Técnica:
    Água-forte
  • Dimensões:
    32,5 x 44,5 cm
  • Aquisição:
    Doação Assis Chateaubriand, 1955
  • Designação:
    Gravura
  • Número de inventário:
    MASP.06014
  • Créditos da fotografia:
    João Musa

TEXTOS



Cinco Gravuras da Tauromaquia trata-se de cinco pranchas da série de 33 águas-fortes criadas por Goya em 1815 e publicadas em 1816. As gravuras em questão levam os títulos: 1 – Um Cavaleiro Espanhol Mata um Touro após ter Perdido o Cavalo (Prancha 9, G 287); 2 – O Famoso Martincho Girando um Touro na Praça de Madri (Prancha 16, G 288); 3 – Barreira dos Mouros Feita com Burros para Proteger-se do Touro Embolado (Prancha 17, G 289); 4 – Pepe Illo Fazendo a Reverência ao Touro (Prancha 29, G 290); e 5 – Jogam Cachorros ao Touro (Prancha 25, G 291). A série nasce em um momento em que Goya é absolvido das suspeitas de colaboração com o recém-expulso ocupante francês, e sua temática pode em certa medida refletir uma intenção de reiteração de sua hispanidade.

— Autoria desconhecida, 1998


Fonte: Luiz Marques (org.), Catálogo do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, São Paulo: MASP, 1998. (reedição, 2008).



Pesquise
no Acervo

Filtre sua busca