MASP

Semana paulista de dança

23 - 26.8.2018
QUINTA - DOMINGO
INGRESSOS GRATUITOS
De 23 a 26 de agosto, o MASP Auditório irá abrigar, pela primeira vez, a Semana Paulista de Dança. A temporada inclui apresentações de Studio3, Anacã Cia de Dança, projeto Mov_oLA e Jorge Garcia Companhia de Dança, além de solos e duos de nomes como Luis Arrieta e Ana Botafogo, São Paulo Companhia de Dança e grupos convidados. O balé do Theatro Municipal do Rio de Janeiro encerra a agenda ---após um hiato de seis anos sem subir a um palco paulistano. Trata-se de uma iniciativa para aproximar a cidade da dança e apresentar a cena contemporânea ao público por meio de uma programação grátis.  

Ingressos gratuitos; devem ser retirados duas horas antes de cada espetáculo na bilheteria do MASP.

Classificação livre.

Evento sujeito à lotação.

374 lugares.

PROGRAMAÇÃO

Dia 23/8, quinta-feira, às 20h30
Studio3 Cia de Dança
Espetáculo: Um Certo Canto Brasileiro
Hits que marcaram gerações entre os anos 1930 e 1980 compõe o espetáculo, que traz músicas de nomes como Tim Maia, Caetano Veloso, Cartola e Elis Regina.

Dia 24/8, sexta-feira, a partir das 20h
Jorge Garcia Cia de Dança
Espetáculo: Copyleft
O nome brinca com o termo copyright (que impede reproduções não autorizadas). Na apresentação, no entanto, Jorge Garcia e sete mulheres convidadas criaram solos de 7 minutos cada um, que podem ser transformados ou expandidos por outros coreógrafos.

Projeto Mov_oLA
Espetáculo: Predicativo do Sujeito
As cores neutras das roupas remetem ao universo masculino, e, aliadas às luzes, dão ideia de um bar. A peça aborda com humor sarcástico a questão da aceitação do lado feminino, representado por uma única mulher que contracena com seis homens.

Anacã Cia de Dança
Espetáculo: Shogun
Obra coreografa por Ivonice Satie (in memorian), que criou a apresentação em homenagem ao avô. Neste ano, completam-se 10 anos da morte de Satie.

Dia 25/8, sábado, a partir das 20h
Duo Instante com São Paulo Companhia de Dança
Criação de Lucas Lima, tem como ponto de partida a música de Max Richter. Trata-se de uma coreografia que introduz novos impulsos e dinâmicas aos movimentos do balé, em diálogo com a contemporaneidade. 

Solo Milonga Triste com Luis Arrieta
Nesta apresentação, além de interpretar, Arrieta é responsável por coreografia, figurino e iluminação. Milonga Triste foi composta por Sebastián Piana e escrita por Homero Manzi.

Solo Nihil Obstat com Jorge Garcia Cia de Dança
O trabalho é movido por elementos como mini-amplificadores e um cavalinho de brinquedo, que criam sonoridades diferentes, interferindo na movimentação do intérprete.

Duo Vôo Branco com Studio3 Cia de Dança
Naiane Avelino e Kaue Ribeiro interpretam O Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky.

Solo Isadora com Ana Botafogo
A bailarina apresenta a coreografia de Norma Lília para a Balada nº 1 de Chopin.

Trio Eternos com Anacã Cia. de Dança  
A peça apresenta ao público uma utopia na qual residem apenas boas memórias, feitos corajosos e ecos de conversas entre amigos e amores.

Duo Coup de Grace com Mov_oLA
O dueto de Alex Soares, com Thais França e Ícaro Freire, aborda as dúvidas sobre aceitar uma intervenção deliberada para aliviar um sofrimento intratável, sem possibilidade de cura, seja físico ou psíquico.

Duo Pas de Deux com Ana Botafogo e Luis Arrieta
Composta por Tchaikovski. A concepção, coreografia, figurino e iluminação são do argentino Luis Arrieta. 

Dia 26/8, domingo, às 18h
Balé do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, dirigida atualmente por Ana Botafogo e Cecília Kerche.
Trechos dos espetáculos: O Lago dos Cisnes, Sheherazade, Le Spectre de La Rose e Raymonda
A tradicional companhia, cultiva um extenso repertório, que contempla títulos como O Lago dos Cisnes, Cinderela, Prometeu, O Pássaro de Fogo, Romeu e Julieta, O Quebra-Nozes e A Megera Domada. O balé foi dirigido por grandes nomes da dança e contou com a colaboração de coreógrafos de prestígio internacional, entre eles Tatiana Leskova, Eugenia Feodorova e Norman Thonson. A última vez que o grupo se apresentou em São Paulo foi em 2012.

O Lago dos Cisnes
Em quatro atos, foi criado na Rússia, em 1895, época em que o país vivia seu o seu apogeu e se tornava uma das grandes potencias do balé. Conta a história de uma princesa que é transformada em cisne por um feiticeiro, e só poderá voltar à forma humana quando encontrar um amor verdadeiro.

Sheherazade
É a personagem central dos contos “As Mil e Uma Noites”. As estórias que integram o livro são contadas por ela à Shahriar, que considerava todas as mulheres infiéis e as matava logo após o casamento. Para não ter o mesmo destino, Sheherazade contava, todas as noites, uma história incompleta para Shahriar e ele, curioso, adiava sua morte para saber o final.

La Spectre de La Rose
A apresentação foi inspirada em um poema homônimo de Théophile Gautier. No enredo, uma jovem, ao chegar de um baile, adormece e sonha que o espírito da rosa que ela tem em mãos a conduz em uma dança encantadora, quando este desaparece, ela acorda com a flor aos seus pés.

Raymonda
A jovem que dá nome ao título está noiva de um cavalheiro, mas, quando dispensa um outro homem que gostaria de se casar com ela, é raptada por ele. Ao chegar de uma cruzada, o noivo de Raymonda descobre a situação e inicia um duelo com seu rival, do qual acaba vencedor.

Semana Paulista de Dança
Patrocínio: Klabin

Data: De 23 a 26 de agosto de 2018
Endereço: Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP
Telefone: (11) 3149-5959
Horários: quinta (23) às 20h30, sexta (24) e sábado (25), às 20h. Domingo (26), às 18h
Ingressos gratuitos; devem ser retirados duas horas antes de cada espetáculo na bilheteria do MASP.

Estacionamento: Convênios para visitante MASP, período de até 3h.
É preciso carimbar o ticket do estacionamento na bilheteria ou recepção do museu.

CAR PARK (Alameda Casa Branca, 41)
Segunda a sexta-feira, 6h-23h: R$ 14
Sábado, domingo e feriado, 8h-20h: R$ 13

PROGRESS PARK (Avenida Paulista, 1636)
Segunda a sexta-feira, 7h-23h: R$ 20
Sábado, domingo e feriado, 7h-18h: R$ 20

Acessível a deficientes físicos, ar condicionado, classificação livre