MASP

LINA BO BARDI das ideias à construção: arquitetura como ação cultural

Horário
19h-22h
Duração do Módulo
5 aulas (15 horas)
Investimento

R$ 460

R$ 414 para Amigo MASP

* parcelado em até 5x

Coordenação

Marina Grinover

O curso tratará da vida e da obra da arquiteta Lina Bo Bardi (1914-1992). Nascida na Itália, Lina adotou o Brasil como casa em 1946. Foi no país que ergueu seus projetos, como o MAM da Bahia, o Teatro Oficina, o Sesc Pompeia e o atual edifício-sede do MASP. As aulas abordarão o contexto histórico e cultural dos principais trabalhos de Lina nos campos da arquitetura e do desenho industrial.

O curso está dividido em três grupos temáticos e em cinco aulas, a partir da cronologia da obra da arquiteta. Os temas da arquitetura, do desenho industrial e do trabalho com artes serão a base para examinar a história da arquiteta, seus projetos e obras em diálogo com o meio cultural. 

As aulas esclarecem a posição intelectual da arquiteta de esquerda, uma posição humanista e de valorização da cultura popular em diálogo com a cultura moderna. Ao longo do curso, Lina Bo Bardi emerge como uma personagem importante para a cultura brasileira, dado que a sua formação generalista proporcionou uma multiplicidade de campos de atuação profissional.

Planos de aulas

Aula 1 – 11.2 | Da Itália ao Brasil
Aula sobre a formação e a atuação da arquiteta no grupo de intelectuais de vanguarda e resistência da Itália, durante a Segunda Guerra Mundial – 1939 a 1946, quando ela chega ao Brasil.

Aulas 2 e 3 – 12.2 e 13.2 | Brasil moderno
Discussões sobre diálogos com a vanguarda modernista paulista e carioca nos anos 1950. As aulas abordarão a posição da arquiteta nas instituições culturais em formação, no MASP, na FAU-USP, na UFBA e no MAM Bahia. O período vai de 1947 até 1964. 

Aulas 4 e 5 – 14.2 e 15.2 | Consciência dilacerada 
Dos anos de censura à abertura política. As aulas examinarão as estratégias da arquiteta para manter a atividade profissional com atitude crítica e, ao mesmo tempo, continuar a prática da arquitetura de forma consciente e democrática. 

Coordenação

Arquiteta e urbanista formada pela FAU-USP, com mestrado e doutorado pela mesma universidade. Pesquisadora do Instituto Bardi em 2008, é autora dos livros Uma ideia de arquitetura, escritos de Lina Bo Bardi (Annablume, 2018) e Lina por escrito (Cosac Naify, com Silvana Rubino, 2009). Leciona na Escola da Cidade desde 2006 e, atualmente, também na FAAP. Foi professora na FAU-USP em 2016 e 2017. Em 2018, foi professora convidada no MIT Center for Advanced Urbanism. É sócia-fundadora do escritório Base Urbana, onde atua desde 2007. O curso tratará da vida e da obra da arquiteta Lina Bo Bardi (1914-1992). Nascida na Itália, Lina adotou o Brasil como casa em 1946. Foi no país que ergueu seus projetos, como o MAM da Bahia, o Teatro Oficina, o Sesc Pompeia e o atual edifício-sede do MASP. As aulas abordarão o contexto histórico e cultural dos principais trabalhos de Lina nos campos da arquitetura e do desenho industrial.

Conferencistas