MASP

Masp
Escola

Parte do Núcleo de Mediação e Programas Públicos do museu, o MASP Escola oferece cursos livres e abertos a todos os interessados em artes, com ou sem formação na área.

Com professores especializados nos mais diversos campos da arte e da cultura, visita às exposições temporárias e à mostra de longa duração do acervo do museu, realizada nos cavaletes de vidro projetados por Lina Bo Bardi, os cursos apresentam um amplo recorte da coleção do MASP. Contam também com temas transdisciplinares, introduzidos a cada novo ciclo expositivo.

O MASP Escola tem o intuito de aproximar ainda mais os frequentadores do museu e proporcionar uma experiência de aprendizado dinâmica e crítica, em que todos possam constituir seu repertório a partir de um olhar diverso e plural da arte.

Atualmente, são oferecidos quatro módulos de curso: Histórias da arte, Estudos críticos, Cursos vespertinos e Cursos de férias, com bolsas para professores da rede pública. Para um contato direto, escreva para escola@masp.org.br.

HISTÓRIAS
DA ARTE

Os cursos de Histórias da arte são semestrais. O módulo conta com três programas diferentes de aulas, independentes e complementares. Juntos, os três cursos cobrem um arco histórico que se estende do século 14 ao 21.
Em comum, eles compartilham o estudo de histórias abertas, plurais e diversas, que englobam uma multiplicidade de territórios, períodos, linguagens e discursos. Por isso o módulo tem como nome “histórias” e não “história” da arte.
Com média de dezesseis aulas, cada curso é ministrado por um professor especializado, que, por sua vez, convida outros especialistas para proferir conferências ao longo do semestre. Um formato que garante, ao mesmo tempo, o aprofundamento de temas específicos e a pluralidade de vozes.
Dessa forma, os interessados têm acesso a um panorama mais abrangente de abordagens e métodos de crítica, mediação e interpretação da produção artística, sempre em diálogo com obras da coleção do MASP.
As próximas edições dos cursos de Histórias da arte tem início em março e agosto de 2020.

Antônio Parreiras, 'Iracema', 1909, doação, Ministro Correia e Castro, 1947

Violência sexual e literatura

com Amara Moira
19.6-17.7.2020 | ONLINE
19H-21H

À medida que o feminismo se impõe como ferramenta incontornável de compreensão da sociedade, a maneira como a sexualidade e os gêneros humanos são concebidos é transformada, através de um processo de desnaturalização de práticas e narrativas. Essa transformação começa finalmente a afetar as leituras de obras do nosso idioma, se fazendo presente também na maneira como se dá essa ressignificação. A proposta desse curso é analisar fragmentos literários que retratam cenas de sexo e de violência sexual à luz de discussões feministas e apontar caminhos que vêm sendo construídos pela crítica literária para discutir essas representações.

Hélio Oiticica a Trisha Brown: um percurso sobre corpo, território e liberdade

com Priscyla Gomes
18.6-16.7.2020 | ONLINE
19H-21H

O curso pretende abordar a relação corpo e espaço tendo por base uma série de ações, práticas e atores que marcam a produção artística dos séculos 20 e 21. O recorte parte de produções que elegeram o corpo como centro da prática artística. Por intermédio de ações performáticas e de experimentações de diferentes linguagens, artistas lançam-se fora dos limites do museu elegendo a cidade como um espaço de reconhecimento e exploração.

Hans Günter Flieg, 'Museu de arte de São Paulo', 1969

Introdução à arquitetura moderna brasileira

com Denis Joelsons 
17.6-15.7.2020 | ONLINE
19H-21H

Este curso contará uma breve história da arquitetura moderna no Brasil. Pretende-se abordar as diferenças entre as experiências pioneiras de Lúcio Costa e Gregori Warchavchik, a consolidação internacional sustentada na figura de Oscar Niemeyer e a pluralidade da arquitetura praticada pelos imigrantes em São Paulo – com foco para a arquiteta do MASP, Lina Bo Bardi. Uma aula será dedicada à Brasília e a subsequente, de encerramento, aborda as tensões no cenário nacional através de figuras chave da chamada ‘escola paulista’: Vilanova Artigas e Paulo Mendes da Rocha. 

Sofonisba Anguissola, 'Self-portrait' [Autorretrato], sem data, Acervo Fondation Custodia

Mulheres artistas nos séculos 16 e 17

com Juliana Ferrari Guide
16.6-14.7.2020 | ONLINE
15H-17H

Na esteira da exposição História das mulheres: artistas até 1900 que aconteceu no MASP, entre agosto e novembro de 2019, e em diálogo com o florescimento internacional das pesquisas sobre o tema, o curso  propõe o estudo de seis artistas italianas que viveram entre os séculos 16 e 17: Properzia de Rossi, Plautilla Nelli, Sofonisba Anguissola, Lavinia Fontana, Artemisia Gentileschi e Giovanna Garzoni. A cada aula, serão discutidas a vida e a obra destas mulheres, bem como os principais desafios e debates que marcam os estudos sobre elas.

Tarsila do Amaral, 'Composição (Figura só)', 1930, Comodato MASP Ronaldo Cezar Coelho

Uma história da arte no Brasil – de Tarsila a Bárbara

com Luiza Interlenghi
15.6-13.7.2020 | ONLINE
19H-21H

Este curso apresentará uma introdução à história da arte brasileira, criando um diálogo com obras da coleção do MASP. Será abordado o modernismo no Brasil, na Semana de Arte Moderna de 1922 e o impacto da abstração na arte brasileira. Também serão observados os movimentos Concreto e Neoconcreto, a participação do espectador e as relações entre arte e sociedade nos anos 1990 e 2000. Pretende contribuir para o entendimento do modo como a arte brasileira contribui para se formar uma opinião própria sobre visão da cultura.

Eugène Delacroix, 'O verão - Diana surpreendida por Acteão', 1856 - 1863, acervo MASP; Vincent van Gogh, 'O escolar (O filho do carteiro - Gamin au Képi)', 1888, acervo MASP

século 19: de David a Van Gogh

14.4-7.7.2020
19h30-21h30
curso online

O curso pretende apresentar e discutir as manifestações artísticas do mundo ocidental ao longo do século 19, desde a Revolução Francesa, na obra de Jacques-Louis David, até o início da arte moderna.

CURSOS
DE FÉRIAS

O MASP Escola não para nos meses de fevereiro e julho. Menores, os cursos de férias são indicados para quem tem interesse em um curso rápido e intensivo. As aulas duram uma semana e tratam de temas gerais da história da arte, desde estudos aprofundados sobre artistas de destaque da coleção até tópicos específicos dos ciclos anuais de exposições.

ESTUDOS
CRÍTICOS

Nas noites de quinta-feira, o MASP Escola oferece os cursos de Estudos críticos, módulo que aborda tópicos específicos da cultura contemporânea. Cada curso tem duração mínima de 12 horas, ou quatro aulas de três horas cada uma.
De programa intensivo, o módulo se pretende um espaço de debate sobre as intersecções entre a arte e as questões políticas e sociais de peso na atualidade. As aulas também transitam pelos assuntos propostos pelos ciclos temáticos que pautam o programa de exposições do museu a cada ano. 
A matrícula pode ser feita de maneira independente em cada um dos cursos.

CURSOS
VESPERTINOS

Os Cursos vespertinos têm entre seis e oito aulas semanais, numa duração de cerca de dois meses. O programa oferece um estudo aprofundado sobre temas apresentados nas conferências do módulo Histórias da arte, como arte brasileira, escultura grega, escolas artísticas e arte ameríndia nas Américas. 

BOLSAS PARA
PROFESSORES

O MASP Escola oferece bolsas de estudo para professores da rede pública em qualquer nível de ensino. Cada professor pode ser contemplado com uma bolsa por semestre. O curso exige, no mínimo, 75% de presença.

A inscrição demanda uma carta de intenção, que será utilizada como critério para a seleção dos bolsistas. Para concorrer a uma bolsa, preencha o cadastro disponível através da opção "Solicitação de bolsas para professores" na página de cada curso.