preload

Oficinas

SÁB - DOM/ 15H - 17H
ATÉ 20 PESSOAS
INSCRIÇÕES NO SITE
VAGAS LIMITADAS
ATIVIDADES GRATUITAS

Como parte integrante de suas exposições, o MASP organiza ciclos de oficinas práticas, procurando construir espaços de diálogos para a troca de saberes, ativando, friccionando ou tornando complexa sua relação com os objetos expostos no museu.

“O Museu de Arte de São Paulo é popular”, declara Lina Bo Bardi, nos anos 1970. Nas entrelinhas de tal enunciado, encontramos sua evidente disposição pedagógica: o Museu entendido como o lugar de troca de conhecimentos, práticas artísticas e culturais, sem determinar uma hierarquia simbólica entre as linguagens criativas. Nos projetos de Lina para uma Escola de Desenho Industrial e um Centro de Estudos e Trabalho Artesanal, previstos para serem implementados nos museus concebidos por ela na Bahia, artesãos e estudantes de arte, arquitetos e designers conviveriam em um programa composto por oficinas práticas, cursos teóricos, técnicos e exposições.

Pode-se afirmar que os processos de organização do trabalho no atual cenário sociopolítico mundial desvinculam violentamente o saber do fazer, a concepção da execução. O atual programa de oficinas do MASP, em resposta a tal contexto e em diálogo com a concepção de escola e museu de Lina Bo, é um convite para aprender sobre saberes de diversas origens e circunstâncias.

As atividades em geral ocorrem aos finais de semana, são públicas, gratuitas e voltadas para todas as idades.

Anteriores