MASP

MASP
PROFESSORES

O MASP Professores é um programa de encontros sobre arte, educação e esfera pública, voltado para a formação de educadores e interessados em geral. Cada edição procura aprofundar os temas propostos pelos ciclos expositivos do museu, tendo em vista os debates do campo pedagógico. As atividades são gratuitas, e acontecem em dois sábados por semestre.

Em 2021 e 2022, os encontros do MASP Professores serão vinculados ao ciclo Histórias brasileiras e o seu objetivo é criar oportunidades para dialogarmos sobre as nossas trajetórias e identidades. Para tanto, é importante lembrarmos, primeiramente, que vivemos em um território tradicionalmente habitado por centenas de povos indígenas e que foi o principal destino de africanos escravizados. Diante disso, e considerando a multiplicidade que nos constitui, o MASP Professores articula as artes e a educação para pensarmos sobre as narrativas e identidades plurais brasileiras.

Ibã Huni Kuin, Bane Huni Kuin, Movimento dos artistas Huni Kuin (MAHKU). Sem título, 2020, acervo MASP. Doação dos artistas, no contexto da exposição Histórias da dança , 2020.

Identidades, educação e descolonização

4.6.2022 SÁBADO 10H – 17H

Este é o quarto e último encontro do MASP Professores dedicado ao ciclo curatorial Histórias brasileiras. Em diálogo com as abordagens apresentadas nos encontros anteriores, em que discutiu-se sobre como confrontar nossos passados difíceis, sobre as resistências e resistentes e sobre as mulheres brasileiras em movimento, este encontro será dedicado a uma reflexão que tem como referência três palavras: identidades, educação e descolonização. A primeira remete às diferentes coletividades e individualidades que somos; a segunda diz respeito ao lugar de atuação para promover a visibilidade de sujeitos e narrativas minorizados; a terceira, por fim, expressa um objetivo, o de superar as matrizes de naturalização das hierarquizações. A partir desse diálogo, espera-se criar condições para que narrativas plurais sobre as histórias do Brasil ganhem cada vez mais espaços.

Anteriores