MASP

MASP
PROFESSORES

MASP Professores é um programa de encontros sobre arte, educação e esfera pública. Cada encontro busca aprofundar os temas propostos pelos ciclos expositivos do Museu, tendo em vista os debates do campo pedagógico.

Em 2018, todos os encontros do MASP Professores serão vinculados ao ciclo expositivo de Histórias afro-atlânticas. Além das coleções e exposições de artes visuais do Museu, serão abordadas outras linguagens artísticas, experiências de educação e políticas públicas para as relações étnico-raciais, pautas do movimento negro, redes de cultura negra e de cultura periférica. Assim, o Museu se converte em plataforma para a interlocução entre professores e demais atores sociais que constroem, em seus contextos de atuação, estratégias para promover pedagogias críticas e antirracistas.

Por histórias e artes afro-atlânticas no currículo escolar: a lei 10.639

20.10 | sáb | 10h-18h

O MASP Professores de outubro, "Por histórias e artes Afro-Atlânticas no currículo escolar: a lei 10.639", tem como tema as diretrizes que compõe a lei 10.639, que tornou obrigatório o ensino de histórias, artes e culturas africanas e afro-brasileiras no currículo escolar. A primeira parte do encontro abordará experiências de aplicação da lei em relação aos conteúdos de arte. Já a conferência da tarde, se debruçará sobre o percurso de luta que resulta em sua aprovação, bem como sobre os desafios que ainda hoje são enfrentados para sua real efetivação.

Atlântico afro-funk: música, periferia e resistência

24.11 | sáb | 10h-18h

O último MASP Professores do ano de 2018, "Atlântico afro-funk: música, periferia e resistência" tem como tema as manifestações de arte e cultura da periferia como ferramentas de afirmação e valorização da
identidade negra. Música, festa e dança de rua sobem ao palco do auditório do MASP em uma discussão sobre protagonismo.

Anteriores