MASP

Histórias feministas: artistas depois de 2000

23.8-17.11.2019
Todos os anos, o MASP é guiado por um eixo temático pensado, de maneira aberta e plural, em torno da noção de histórias, que abarcam relatos reais, fictícios, pessoais e documentais — em 2016, foram as “Histórias da infância”, em 2017 as “Histórias da sexualidade” e em 2018, as “Histórias afro-atlânticas”. Esse eixo pauta toda a programação do museu, das exposições individuais às oficinas e cursos da área de mediação, bem como uma grande mostra coletiva que carrega no título o tema do ano. Em 2019, pela primeira vez, o eixo será tema não apenas de uma, mas de duas grandes coletivas paralelas. “Histórias das mulheres, histórias feministas”, a temática deste ano, se desdobrará nas exposições Histórias das mulheres e Histórias feministas, que abrem ao público de 23 de agosto a 17 de novembro com a dupla de missão de resgatar e difundir o trabalho de artistas mulheres.

Outras exposições

Exposição

Tarsila Popular

5.4-28.7.2019
Exposição

Lina Bo Bardi: Habitat

5.4-28.7.2019
Exposição

Sala de vídeo: Akosua Adoma Owusu

5.4-2.6.2019
Exposição

Acervo em transformação: Museum of Contemporary Art Chicago no MASP

5.4-30.12.2019
Exposição

Djanira: a memória de seu povo

1.3-19.5.2019