MASP

Mulheres fotógrafas e conflitos políticos no século 20

Horário
19h-22h
Duração do Módulo
3, 10, 17, 24 e 31.10.2019
(5 aulas)
Investimento

5x R$104,00*

5x R$88,40*

*valores parcelados no cartão de crédito

Coordenação

Erika Zerwes

O curso aborda as relações entre cultura visual e política na fotografia ao longo do século 20, por meio do trabalho de mulheres fotógrafas ou artistas que façam uso da fotografia. Ao produzir imagens voltadas para eventos políticos específicos na Europa e na América Latina, essas fotógrafas tornaram-se personagens importantes na construção da cultura visual contemporânea. 
O tema principal do curso é a produção fotográfica, realizada por mulheres, de conflitos que marcaram o século 20, tais como a Guerra Civil Espanhola (1936-1939), a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), a Revolução Sandinista na Nicarágua (1979-1990) e os regimes ditatoriais no Brasil (1964-1985), Argentina (1976-1983) e Chile (1973-1990). Por meio do fazer fotográfico de Gerda Taro, Margaret Bourke-White, Susan Meiselas, Lucila Quieto, Paula Luttringer, Nair Benedicto e Rosa Gauditano, entre outras, serão abordadas algumas questões de gênero na história da fotografia, em especial a possibilidade que este meio trouxe para que suas vozes e visões políticas fossem divulgadas. 
O curso propõe assim uma reflexão conceitual e histórica sobre uma produção recente da fotografia politicamente engajada, de grande impacto na visualidade contemporânea.

Planos de aulas

Aula 1 – 3.10.2019 - A “Nova Mulher” e a fotografia de guerra
Um panorama histórico e conceitual sobre a participação feminina na prática fotográfica na Europa, na América do Norte e na América Latina. Discutiremos desde a sua possibilidade como estudo para as mulheres na passagem dos séculos 19 para o 20, até a construção da visualidade da chamada “Nova Mulher” e sua proximidade com a produção fotográfica de mulheres no período entre guerras.

Aula 2 – 10.10.2019 - A Europa e as guerras coloniais
As mulheres fotografaram zonas de conflito desde o início do século 20. Serão apresentadas as fotógrafas europeias e norte-americanas pioneiras na fotografia de guerra, até as ganhadoras recentes de prêmios em geral atribuídos aos homens, como o Robert Capa Golden Medal. Também serão discutidos os trabalhos de fotógrafas e artistas como Chloe Dewe Mathews, que usam a fotografia para discutir conflitos antigos cujas feridas ainda permanecem abertas.

Aula 3 – 17.10.2019 - O Brasil, do fotojornalismo ao arquivo
A ditadura militar brasileira foi abordada e questionada por meio de fotografias de diversas mulheres. Discutiremos esse engajamento tanto no calor do momento, como no caso da cobertura fotojornalística que Nair Benedicto e Rosa Gauditano fizeram dos movimentos sociais e das greves do ABC, como na apropriação de imagens e arquivos de artistas como Anna Bella Geiger e Rosângela Rennó.

Aula 4 – 24.10.2019 - O Chile e a Nicarágua
Apresentação do trabalho da fotógrafa norte-americana Susan Meiselas sobre o conflito na Nicarágua, bem como seu projeto intitulado Chile from within, no qual abordou desde o golpe de Estado contra o presidente Salvador Allende até o final do regime do general Augusto Pinochet. Também serão discutidos os trabalhos de fotógrafas como Paz Errázuriz, que usou suas imagens como forma de denúncia contra o regime militar chileno.

Aula 5 – 31.10.2019 - A Argentina e seus desaparecidos
Nesta aula, serão analisados os trabalhos de fotógrafas argentinas como Lucila Quieto, Paula Luttringer e Helen Zout. Com suas imagens, questionaram as violências praticadas pelo Estado argentino durante o regime militar.

Coordenação

Erika Zerwes é doutora em história pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp, com estágio em pesquisa na École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Bacharel em filosofia pela FFLCH-USP e mestrado em história pelo IFCH-Unicamp. Fez pós-doutorado no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP), pesquisando a fotografia humanista em seus diversos aspectos e dimensões políticas. É autora dos livros Tempo de guerra (Intermeios, 2018) e Cultura visual: imagens na modernidade (Cortez, 2019).
 

Conferencistas