Heitor dos Prazeres: Protagonismo e Arte

A potência criativa de Heitor dos Prazeres – sambista, compositor e artista plástico nascido no Rio de Janeiro, em 1898, e falecido na mesma cidade, em 1966 – nos apresenta, de modo crítico e poético, uma pesquisa visual relacionada aos espaços de sociabilidade negra e expressões da cultura brasileira de matriz africana firmadas em solo carioca no início do século XX.  Entre tons vibrantes e movimentos ritmados, as cenas retratadas pelo artista são aquelas que ele próprio vivenciou ou pode observar nos arredores da Praça Onze, criando uma narrativa própria dentro da História da Arte. Seguindo este passo, a palestra tem como proposta traçar diferentes possibilidades de leitura e análise da produção artística de Heitor em diálogo com obras de sua autoria presentes no acervo do MASP, reconhecendo a dimensão crítica, estética e simbólica daquele que registrou com maestria as urgências de seu tempo e de sua história.

PALESTRANTE

GLAUCEA HELENA

Artista visual e arte educadora. Licenciada em Educação Artística pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e especialista em Gestão Cultural pelo Centro Universitário Senac-SP. Trabalhou como arte educadora para as relações étnico-raciais na Secretaria Municipal de Educação (SME-SP), como assistente de coordenação do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil e assistente artístico-pedagógica na Fábrica de Cultura da Brasilândia. Atualmente é co-coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-Americanos (NEPAFRO) e gestora do Terreirão Cultural.

Programação

Heitor dos Prazeres: Protagonismo e Arte
Data e Horário: 3.3.2018 Sáb 11h Inscrições presenciais

Vídeos