MASP

Serigrafistas Queer

Amo a mi mamá travesti, 2010

  • Autor:
    Serigrafistas Queer
  • Dados biográficos:
    Buenos Aires, Agentina, 2007
  • Título:
    Amo a mi mamá travesti
  • Data da obra:
    2010
  • Técnica:
    Serigrafia sobre tecido
  • Dimensões:
    20 x 27,5 cm
  • Aquisição:
    Doação das artistas, no contexto da exposição Histórias da sexualidade, 2017
  • Designação:
    Gravura
  • Número de inventário:
    MASP.11092
  • Créditos da fotografia:
    MASP

TEXTOS


Por Anelise Valls
Histórias feministas: artistas depois de 2000não-grupoMi cuerpo mi decisiónAborto legal es vidaFanchona Sapatão Torta Caminhoneira LesbianaNi Varón, Ni Mujer, Ni XXY, Ni H20Archivo Nuestro Tiempo, Nuetro Deseo, Nuestras VocesSomos Malas Podemos ser PeoresAmo a mi mamá travestiEstoy gaySos re linda Ley 26.485

— Anelise Valls, mestre em Filosofia da Arte, USP, 2021




Pesquise
no Acervo

Filtre sua busca