MASP

MARIA MARTINS: desejo imaginante

27.8.2021-30.1.2022
MASP
agosto de 2021 a fevereiro de 2022
Casa Roberto Marinho
março de 2022 a junho de 2022

O MASP, em parceria com a Casa Roberto Marinho, está organizando uma grande exposição dedicada à obra de Maria Martins (Campanha, MG, 1894—Rio de Janeiro, 1973) que acontecerá em São Paulo de 27 de agosto de 2021 a 30 de janeiro de 2022 e no Rio de Janeiro, de 4 de março de 2022 a 26 de junho de 2022.  Trata-se de um projeto que busca revisitar a obra de uma das mais instigantes artistas do modernismo brasileiro e, desta maneira, reposicionar sua produção no contexto mais amplo dos modernismos brasileiros, latino-americanos e internacionais. Martins ficou conhecida por suas gravuras e esculturas em bronze que representam figuras híbridas e mitológicas. Em virtude de seu casamento com o embaixador Carlos Martins, a artista construiu boa parte de sua carreira fora do Brasil, tendo vivido em Nova York nos anos 1940, quando frequentou o grupo de surrealistas que viviam na cidade. As formas antropomórficas e orgânicas de seus trabalhos, assim como a sua abordagem única sobre o desejo e o erotismo por uma perspectiva feminina, são contribuições importantes para as sensibilidades surrealistas e seus desdobramentos para além dos Estados Unidos e da Europa. A mostra destacará o papel central e ativo de Martins no grupo dos surrealistas internacionais, contrariando as narrativas ofuscantes do envolvimento pessoal e artístico da artista com Marcel Duchamp. O projeto buscará analisar criticamente a interpretação singular das mitologias e visualidades amazônicas do início de sua carreira até a abordagem única da artista sobre o desejo feminino e o erotismo em seus trabalhos.

CURADORIA Isabella Rjeille, curadora, MASP